Buscar

Vino Argentino, Malbec mendocino!

Pequena história da Malbec

Malbec, também conhecida por Côt ou Auxerois, vem do Sudoeste na França. A uva de casca grossa é um cruzamento natural de duas variedades: Prunelard de Gaillac e Magdeleine des Charentes de Montpellier.

Vinhedo em Mendoza

Malbec é uma importante uva de corte em Bordeaux, mas devido à sua baixa resistência a doenças, pragas e fungos, nunca foi considerada uma variedade top.


A uva realmente não ganhou fama até ser trazida para Mendoza - e não MENDONÇA - na Argentina. Foi plantada pela primeira vez por um botânico francês em 1868, que esperava melhorar a qualidade do vinho na região. Hoje é a uva mais importante da Argentina. Seus vinhos são amados por seus ricos sabores de frutas negras e um final com delicados toques de chocolate.


Ao contrário da Cabernet Sauvignon, Malbec não apresenta um final muito longo, tornando-o uma ótima opção com carnes vermelhas mais magras. E é uma maravilha com queijo de veio azul derretido.


Curiosidades sobre Malbec

  • Malbec ama o calor do sol. A luz do sol ajuda a Malbec a produzir suas cascas espessas e pigmentos de alta concentração

  • A Argentina salvou a Malbec. Antes da Argentina se apegar a essa uva, Malbec era apenas uma uva de menor importância no sudoeste da França. Hoje, Malbec compõe a produção de três quartos das vinícolas da Argentina e está espalhada por todo o mundo.

  • Dica para degustação às cegas! Uma dica clássica da Malbec na degustação às cegas é o aro de cor magenta brilhante e a cor púrpura opaca.

  • Para o alto e avante! Malbec se esforça muito para manter uma boa acidez em altitudes mais baixas, mas é sensacionalmente rica em acidez em altitude mais elevado, onde há uma grande diferença de temperatura diurna (noites frias e dias ensolarados).

  • Malbec trabalha bem em equipe. Os vinhos Malbec varietais - 100% Malbec - são saborosos, mas não deixe de experimentar um assemblage de Malbec com Cabernet Sauvignon.

  • Anote na agenda! O Dia Mundial da Malbec é 17 de abril.

  • Menos carvalho do que você imagina e precisa. O vinho Malbec é tão frutado e suave que muitas vezes não precisa de tanto envelhecimento em carvalho. Os vinhos Malbec acessíveis para o dia a dia podem passar apenas de 4 a 6 meses em carvalho, enquanto os Malbec de alta categoria passam de 18 a 20 meses em carvalho.

Envelhecimento prolongado

Um bom Malbec pode ganhar muito com o envelhecimento em adega. Normalmente, quanto mais tempo um vinho passa na adega, maior o investimento que a vinícola está fazendo para dar ao vinho tempo suficiente para se desenvolver antes de chegar ao mercado. Não é incomum ver os vinhos Malbec de grande qualidade envelhecerem entre 15 e 24 meses antes do lançamento.


Nota técnica

A acidez geralmente varia entre 5 e 7 g/L e o pH varia de 3,65 a 3,75 nos vinhos com melhor classificação. Além disso, o açúcar residual é muito baixo ou nenhum (menos de 1g/L).


Regiões específicas

As regiões de Valle de Uco e Luján de Cuyo, em Mendoza, produzem consistentemente vinhos Malbec com a melhor classificação. Fora da Argentina, procure um belo Malbec de Cahors, no sudoeste da França ou em Walla Walla, na fronteira entre Oregon e Washington, nos Estados Unidos da América.


Aromas clássicos Ameixa vermelha, amora, baunilha, tabaco, cacau e chocolate.


O Sommelier Gianni Tartari indica:

#malbec #vinho #mendoza

0 visualização

FALE CONOSCO

(11) 9.8339.5797

contato@bonovino.com.br

REDES SOCIAIS

  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon
  • Black YouTube Icon

GW Comércio e Representação Comercial de Bebidas Ltda - CNPJ 28.894.255/0001-64